A minha empresa – GDI Design

      1 comentário em A minha empresa – GDI Design

Criei a minha empresa “Gente de Ideias – GDI Design” em Junho de 2005 num CFE (Centro de Formalidades de Empresas), na altura ainda não havia as chamadas “Empresa na Hora”. A empresa é uma Sociedade Unipessoal por quotas, ou seja, apenas um sócio.

 
Não é fácil ter e manter uma empresa, ao longo de vários anos procurei que a empresa tivesse um crescimento sustentado, o que nem sempre foi fácil, no entanto sempre que vi uma oportunidade, alarguei as áreas de actividade, fruto de parcerias e de “know how” que fui recolhendo.
 
Assim a empresa nasceu para trabalhar em Web Design e após cerca de 2 anos adquirimos uma plotter de corte de vinil, que me fez criar uma marca chamada “O-cut” (com a grande ajuda de um amigo meu). Hoje em dia a O’cut é a responsável por grande parte da facturação da Gente de Ideias, que agora se apresenta como GDI Design. Os trabalhos na parte gráfica apareceram esporadicamente e foram sendo realizados.
 
Há cerca de um ano atrás criámos uma nova marca, a “The Original Wall” uma solução de comércio electrónico que vende on-line vinis decorativos para decoração de paredes. Toda a solução foi desenvolvida por nós. 
 
Hoje… quatro anos e alguns meses após a criação da empresa, temos 4 marcas (GDI Design, O’cut, The Original Wall e Publicform). A Publicform comercializa mobiliário ecológico e é gerida de uma forma autónoma e brevemente será criada uma empresa apenas para a mesma.
 
Somos hoje uma equipe de 5 pessoas e nesta fase de “crise” continuamos a procurar crescer no mercado.
 
Os nossos sites:
GDI Design – www.gdidesign.pt (em remodelação)
O’Cut – www.o-cut.com
The Original Wall – www.theoriginalwall.com
Publicform – www.public-form.com
 
João Tiago Ogando

Related posts:

Spread the love

Comments

comments

1 comment on “A minha empresa – GDI Design

  1. Márcio da Rosa

    Queria dar os meus parabéns ao empreendedor João Tiago Ogando e à equipa que continua fazer crescer as empresas existentes e a proporcionar a criação de novas empresas.

    Muito boa escola. São pessoas assim que Portugal Precisa, que criam valor real. Certamente um orgulho para mim Português e (muito em breve) empreendedor.

    Portugal tem muito potencial, e tem muito bom pessoal disponível. Eu sei, pois tenho a felicidade de poder comparar Portugal com Londres, por exemplo, onde more. O que nos falta agora é termos mais confiança e vontade de competir e crescer as nossas empresas para podermos competir no mercado global. Se assim não o fizermos, não vingaremos.

    Muito sucesso.

    Márcio da Rosa

Comments are closed.